A Semana 2 da LBFF 4 chegou ao fim neste domingo (31). Com dobradinha, 87 pontos e 43 abates, a FURIA foi o grande destaque da rodada e assumiu a vice-liderança do campeonato ficando atrás somente da Vivo Keyd, que lidera a competição com um ponto a mais na tabela. Memgod e one9, com 12 abates cada, foram os principais nomes dos Panteras na rodada, que ainda teve Flamengo, Cruzeiro, Fluxo e LOUD, as duas últimas também destaques da rodada, gritando o BOOYAH!.

Veja como foram as quedas:

Queda 1 (Purgatório) – BOOYAH!: Flamengo (25 pontos)
MVP: Tksh (6 abates)

Tksh foi o nome da primeira queda em Purgatório, que teve o Flamengo fazendo o BOOYAH! de maneira sensacional. No final de queda, o Mengão avançou em direção a Black Dragons para marcar território e logo complicou a vida da FURIA, que também chegava com força, mas acabou travada pelo rubro-negro.

O confronto final foi contra a LOUD, que evitou uma postura agressiva e trabalhou posicionamento a queda inteira. A trocação aconteceu à distância e o Mengão começou atrás com o JM sendo eliminado cedo. Apesar da desvantagem, Tksh foi pontual no Lança-Granadas e deitou praticamente toda a LOUD com uma bala muito bem aplicada contra a parede de gelo. Cauan ainda ficou de pé, mas logo foi atingido também e acabou eliminado.

Black Dragons e FURIA, ainda que tenham caído mais cedo, ficaram à frente da LOUD na pontuação final, uma vez que conseguiram mais abates no decorrer da partida.

Queda 2 (Kalahari) – BOOYAH!: Cruzeiro (21 pontos)
MVP: Cebolinha (5 abates)

Kalahari teve o Cruzeiro garantindo o BOOYAH! mesmo depois de um início conturbado com o OTremBB caindo logo cedo. Ainda atrás, o Cabuloso conseguiu bater a Black Dragons e fez um trabalho de rotação excepcional, conseguindo abates em trocações avulsas e um bom posicionamento para brigar pela vitória. No 3×2 contra o Fluxo, o Cruzeiro ainda perdeu o Horus, mas a dupla Cebotiva se manteve de pé e resolveu a parada. Evitando entregar mais abates aos adversários, a dupla GODKILL e Syaz se entregou ao gás e confirmou o BOOYAH! da Raposa.

Queda 3 (Bermuda) – BOOYAH!: Fluxo (19 pontos)
MVP: GODKILL (5 abates)

Bermuda, assim como na última semana, foi mais uma vez o palco de BOOYAH! do Fluxo, que novamente teve o GODKILL como destaque. Corinthians, INTZ e Cruzeiro também disputaram o final de queda, que começou com os Intrépidos caindo na mira do Timão.

O Cabuloso tinha um posicionamento desfavorável na beira do gás e sofreu na mira do GODKILL, que eliminou a Raposa sem dificuldades. No duelo final contra o alvinegro, a lei do ex se fez presente: o gás bateu e os únicos sobreviventes foram Nobru e JapaBKR, que confirmaram a vitória do Fluxo.

Queda 4 (Purgatório) – BOOYAH!: LOUD (20 pontos)
MVP: Cauan (4 abates)

Na volta a Purgatório, a LOUD leu muito bem a safe e o BOOYAH! aconteceu na individualidade dos jogadores. A B4, que conseguiu levar a Black Dragons ainda cedo e chegou forte para o final de queda, caiu no Lança-Granadas do Cauan e ficou no Top 3. A briga pelo BOOYAH! ficou no 4×4 entre Fluxo e LOUD: a trocação, que começou pau a pau para os dois lados, terminou com Nobru e Noda no 1×1. Na 12 nova, Noda eliminou o MVP mundial e garantiu o pódio para sua equipe.

Queda 5 (Kalahari) – BOOYAH!: FURIA (27 pontos)
MVP: Memgod (5 abates)

A segunda queda em Kalahari teve a FURIA gritando o BOOYAH! com 15 abates nas costas. Na parte alta do mapa, os Panteras abusaram da agressividade e somaram eliminações do início até o final de partida. No final, a vantagem do highground foi ainda mais importante, uma vez que SS, B4 e Vivo Keyd estavam perdidas na parte de baixo do mapa. Na mira da FURIA, os Bastardos foram eliminados, ao mesmo tempo que Autoboot (Vivo Keyd) se entregou ao gás. Mts007 sobreviveu até o final no 1×4 e acabou eliminado no Lança categórico de Memgod, que confirmou a vitória dos Panteras.

Queda 6 (Bermuda) – BOOYAH!: FURIA (20 pontos)
MVP: Field (4 abates)

Na última queda em Purgatório, mais um BOOYAH! da FURIA, que marcou dobradinha e fechou o dia com chave de ouro. Novamente a vitória foi decidida à distância, com as Barret e AWM sendo cruciais nas mãos dos Panteras, que brigaram pela vitória contra Team oNe e SS. Ambos os times chegaram com força, mas os Golden Boys tinham o pior posicionamento: cercados entre SS e FURIA, logo foram eliminados. Na trocação final, Memgod e Field puxaram a responsabilidade e mesmo na desvantagem do 3×4 os Panteras levaram a melhor.